Sem dinheiro, Cidades autoriza empresas de saneamento a emitirem debêntures

Solução de mercado - Sem dinheiro em caixa, o Ministério das Cidades passou a permitir que companhias de saneamento emitam debêntures — operação que se assemelha a um empréstimo — para financiar obras. Há, inclusive, incentivos fiscais a pessoas físicas (alíquota zero) e jurídicas (15%) que decidirem comprar os títulos, emprestando, assim, dinheiro às empresas. A pasta já autorizou o enquadramento de quatro projetos, que somam R$ 245 milhões. Aguardam na fila outros projetos, de R$ 1,1 bilhão.

É isso ou isso - Segundo o ministro Bruno Araújo, não será possível universalizar o serviço de saneamento no país usando apenas os recursos do Orçamento da União. “É fundamental a participação do capital privado”, diz.

 

Fonte: Folha de São Paulo On line, Painel. <http://painel.blogfolha.uol.com.br/2016/09/26/sem-dinheiro-ministerio-das-cidades-autoriza-empresas-de-saneamento-a-emitirem-debentures-para-bancar-obras/>